Bitcoin Como Baixar e criar uma Carteira Bitcoin para ...

Discussão sobre Criptopmoedas (Bitcoin e Altcoins). Um pouco sobre o que aprendi e como você pode conhecer mais sobre esse mundo novo.

Oi, /Brasil!
Antes de qualquer coisa gostaria de fazer um ‘disclaimer’ sobre esse post:
Não estou aqui para fazer aquele marketing “Olhe como em apenas 5 passos você pode ficar muito rico!!”. Eu sou extremamente novo nesse mercado de Criptomoedas e aprendi tanta coisa nova e legal e gostaria de compartilhar meu conhecimento, tirar duvidas e quem sabe trazer novas pessoas nesse novo mundo.
 
Nesses últimos tempos vários posts sobre Bitcoin e Altcoins estão aparecendo aqui no /Brasil e muita gente discute sobre o assunto. Alguns extremamente céticos, uns curiosos e outros que já conhecem um pouquinho do assunto. Eu tentei dar um help pro pessoal que fez perguntas nos outros posts e alguns se juntaram ao grupo que organizei sobre Criptomoedas no Discord.
 
Não quero trazer também o “invista até não poder mais”. Esse mercado de criptomoedas é extremamente volátil e você pode sim perder dinheiro com isso. Nunca invista o que não pode perder.
 

Quero iniciar comentando sobre algo que muitos céticos usam:

“Bitcoin é uma bolha, ela vai estourar e você vai perder tudo.”
 
O que não é uma bolha, certo?
Bolha do ‘dot com’ e bolha da Apple a bolha do Tesla. Existem vários outros exemplos que eu poderia dar, mas eu não vim aqui pra isso.
 
A ideia central de Criptomoedas é ser um sistema descentralizado de qualquer banco, empresa e governo, ser seguro, open-source, totalmente criptografado, que é apoiado pela matemática implementada. Toda a história da moeda deve ser aberta ao público e você pode ver toda e qualquer transação feita na rede. Essas transações precisam ser processadas por máquinas que confirmam que essa transação não é um double-spending ou alguém querendo criar moedas “out of thin air”. Se alguém quiser hackear o sistema ele vai precisar quebrar toda a Blockchain da moeda (explicação mais abaixo).
 
Blockchain (cadeia de blocos) é todo o registro de tudo que aconteceu com a criptomoeda. Cada novo bloco é ligado ao ultimo bloco existente. Nenhum dado subsequente pode ser alterado sem que todos os outros blocos sejam alterados. Fazendo assim a criptomoeda em questão super segura. Blockchain é estudada para aplicações de gerenciamento de identidade, registro médico, prova de documentos, etc.
 
Você pode fazer uma transferência pequena de alguns trocados até com centenas de milhares Reais para qualquer lugar do mundo. Imagine você aqui no Brasil tem um parente lá na Coréia do Sul. Você quer mandar R$3000,00 para o parente. Para isso você precisa ir até o seu banco, solicitar uma transferência de alto valor, pagar todas as taxas do banco, do seu governo, talvez até do governo do país que será enviado, esperar até a data estipulada para o dinheiro chegar ao seu parente (a partir do dia do envio+2). Faça a pesquisa, você pode pagar muito alto por isso.
 
Agora leve em consideração o Bitcoin. Mesmo com uma taxa alta nesses últimos tempos (da ultima vez eu paguei R$12,00), imagine você mandar esses mesmos R$3000,00. Só que a transação é feita em até 60 minutos. Você manda a ordem de transferência da sua carteira até a carteira do seu parente, essa transferência de Bitcoin é registrada, então processada pelos mineradores e depois de um tempo o Bitcoin é validado na carteira do seu parente. Depois disso ele pode já usar os Bitcoin no mesmo dia ou ir até um caixa eletrônico de Bitcoin e sacar em dinheiro ou até trocar por outras moedas ou por dinheiro em Exchanges.
 
Fora Bitcoin, nós temos centenas de outras criptomoedas. Várias são muito interessantes, como: Ethereum, Litecoin, Bitcoin Cash, Vertcoin. Outras são simplesmente enganações usadas para roubar dinheiro de quem investe nas criptomoedas. Infelizmente existem coisas ruins como essa em qualquer lugar do mundo. Sugiro também uma pesquisa sobre cada criptomoeda. Coinmarketcap é um site legal para você iniciar sua pesquisa nas moedas de maior valor, volume, tecnologia, etc.
 

Mineração

A mineração consiste em usar o recurso de processamento do seu computador para procurar e resolver blocos. Quando isso acontece uma recompensa é distribuída para todos os mineradores envolvidos na mineração. Você pode minerar sozinho (o que hoje é impossível para alguém normal) ou pode entrar em uma Mining Pool.
 
Recentemente comecei a minerar uma criptomoeda chamada Vertcoin. Não é necessário muito conhecimento em como funciona a mineração. Basta ter um computador com placa de vídeo legal (a partir de uma gtx 1060 é legal), baixar um programa chamado One-Click Miner (OCM), arranjar uma carteira da moeda (interessante a Electrum Vertcoin Wallet), apontar seu minerador para aquela carteira, selecionar uma Pool de mineração e clicar Start.
 
Na mineração de Vertcoin você usa o poder de processamento da sua GPU para procurar blocos na rede junto com vários outros mineradores. Quando um bloco é encontrado você é recompensado pelo tempo que você esta minerando. Quanto mais tempo estiver minerando, melhor. Mas até um limite claro.
 
Não vou dizer que vale a pena você minerar porque existem muitas variáveis para isso. Para mim esta valendo a pena. Com uma GTX 1080 consigo pagar o gasto extra de conta de luz e lucrar Vertcoins. Recomendo fazer o calculo e ver se vale a pena.
 
A ideia central que estou levando para minerar Vertcoin é que devido a sua história, seus desenvolvedores, resistência à ASIC (Application Specific Integrated Circuits) e sua transparência com a comunidade ela será adotada pelo mercado. Seu valor subiu de US$0,04 em Janeiro de 2017 para hoje no preço de US$5,4. Outra coisa legal é que o Vertcoin usa algoritmo criado por brasileiros, chamada Lyra2!
 
Se você, leitor, tiver interesse em minerar ou discutir mais sobre moedas e conhecer mais, eu vou sugerir entrar no Discord que criei exatamente para isso: https://discord.gg/aWfV2Q5. Somos um grupo pequeno, mas o pessoal lá é super amigável e me trouxeram muito conhecimento novo. Temos desde iniciantes até alguns veteranos no assunto. Temos uma Pool de mineração de Vertcoin (Veja aqui) também se alguém se interessar.
 

Conclusão

Esse mundo de Cryptocurrencies é muito novo, estranho, inovador e interessante. Aprendi muita coisa e nem estou a tanto tempo assim aprendendo. Tenho comprado, vendido, minerado e guardado várias moedas diferentes. Tenho lucrado uma grana interessante que não teria vindo caso continuasse igual meus amigos que dizem não ter dinheiro pra investir nisso, mas saem todo final de semana com amigos/namorada e gastam 50, 100, 200 reais. Deixasse de sair 1 fim de semana por mês e compra uma moeda “segura” como Litecoin ou Ethereum. Da um lucro legal em uns 10 anos caso for atento, trocar por Real quando necessário ou mudar pra outra moeda.
 
Tem muita coisa que ainda quero falar, mas não quero deixar esse texto mais extenso do que esta. Por isso, peço a você que está lendo para deixar seus comentários, a favor ou contra, que vou tentar responder, aprender coisas novas, tirar dúvidas, fazer perguntas também e ter discussões saudáveis.
submitted by TheCrazyTiger to brasil [link] [comments]

Diretório Bitcoin

Comércio Local
Há uma grande variedade de formas de comprar bitcoins em sua região. O localbitcoins.com pode ser um bom lugar para começar, se você apenas quer conseguir rapidamente algumas bitcoins com sua moeda local. O site pode oferecer uma gama de formas de comprar e vender bitcoins localmente, mas como sempre, eles podem variar em confiabilidade. Se você tiver medo, usar um mercado Bitcoin ou serviço de carteira web pode ser melhor.
Mercados Bitcoin
Uma mercado bitcoin permite comprar e vender Bitcoin na sua moeda local, bem como utilizar uma vasta gama de outros serviços de transação e especulação para os entusiastas mais avançados, comerciantes e investidores. Devido aos regulamentos de segurança e governamentais relativas à lavagem de dinheiro, há um curto processo de verificação de conta que os novos usuários são obrigados a participar para a maioria dos mercados.
Por que usar um mercado bitcoin? Seus Bitcoins estão seguros com uma troca confiável e estabelecida, e você pode acessar recursos comerciais mais avançados. No entanto, as trocas estão sujeitas a uma maior regulamentação do governo e leis sobre Bitcoin ainda não foram esclarecidas na maioria dos mercados. E verificação de conta significa menos privacidade de conta.
MtGox
Bitstamp
BTC China
BTC-e
Bitcoin.de
CampBX
VirtEx
Bitcurex
Carteiras Web
Uma carteira bitcoin web é uma ferramenta que permite que você envie e receba bitcoins. Enquanto alguns têm recursos mais avançados, eles não vão muito além de trocas bitcoin e são concebidos como uma forma de enviar, receber e gerenciar Bitcoins assim como uma conta bancária. Isto também significa que você deve escolher a sua carteira web como você escolher o seu banco.
Por que usar uma carteira Web? Ao contrário de carteiras de desktop, como a carteira está online você não precisa baixar o blockchain localmente, liberando espaço e energia da CPU em seu PC. No entanto, é importante manter-se atualizado com o serviço de sua carteira para ter certeza de que eles estão operando de forma legítima. A grande maioria age, mas é importante estar atento.
Carteiras de Desktop
Um carteira de desktop pode ser uma maneira mais segura de armazenar seus bitcoins do que uma carteira web porque a carteira é armazenada em seu próprio computador. Você pode enviar, receber e armazenar seus Bitcoins como uma carteira online. Uma carteira de desktop também pode ser criptografada, com cópia para vários dispositivos (como pen drives), e com backup de segurança. Por que usar uma Carteira Desktop? Mais controle e privacidade na gestão de seus fundos. No entanto, você deve baixar e atualizar continuamente o blockchain para realizar transações, o que pode ocupar um monte de espaço em disco e poder de CPU, para não mencionar um longo tempo para download.
Bitcoin-Qt é o cliente Bitcoin original e constrói a espinha dorsal da rede. Ele oferece os mais altos níveis de segurança, privacidade e estabilidade. No entanto, tem menos recursos e é preciso uma grande quantidade de espaço e memória.
Visite o Bitcoin QT
Multibit é um cliente leve que se concentra em ser fácil e rápido de usar. Ele se sincroniza com a rede e está pronto para uso em poucos minutos. Multibit também suporta várias línguas. É uma boa escolha para usuários não técnicos.
Dê uma olhada no Multibit
Armory é um cliente avançado Bitcoin que é executado sobre o Bitcoin-Qt. Expandindo suas características para usuários avançados Bitcoin. Ele oferece muitos recursos de backup e criptografia, e permite armazenamento seguro em computadores offline.
Vá para a Armory
O foco da Electrum é a velocidade e simplicidade, com baixo consumo de recursos. Ele usa servidores remotos que lidam com as partes mais complicadas do sistema Bitcoin, e permite-lhe recuperar a sua carteira a partir de uma frase secreta.
Visite Electrum
Mobile Wallets
Mobile wallets permitem que você carregue seus bitcoins com você no seu bolso. Você pode trocar moedas com facilidade e pagar em lojas físicas por digitalização de um código QR ou usando a tecnologia NFC para realizar pagamentos. Por que usar um Mobile Wallet? Pela facilidade de uso ao fazer pagamentos em lojas físicas, carteiras móveis são a melhor opção. No entanto, elas não são inerentemente muito seguras, então use com cuidado.
O Bitcoin Wallet é um cliente móvel leve para Android e BlackBerry OS. Este cliente não necessita estar associado com qualquer serviço on-line para trabalhar. Ele é compatível com digitalização de código QR e tecnologia NFC.
Faça uma Bitcoin Wallet
Blockchain.info é uma carteira híbrida web para celulares. Ele também está disponível para iPhone em um modo restrito para atender às políticas de segurança da Apple. Ele inclui muitas características do blockchain.info como o backup de carteira web.
Vá para o Blockchain.info
Coinbase é um serviço de carteira web que visa ser o mais fácil de usar. Ele também fornece um aplicativo Android Ed carteira web, ferramentas de comércio e integração com contas bancárias nos EUA para comprar e vender bitcoins.
Experimente o Coinbase
.
Ferramentas Úteis
Um dos melhores aplicativos do iPhone sobre cotações de preços BTC, simples e limpo. Download Zeroblock
Um aplicativo web simples que permite que você veja a taxa de câmbio do Bitcoin e converta qualquer quantia de ou para a moeda de sua preferência. Visite o preev.com
Mineração Bitcoin
A um nível técnico, mineração do Bitcoin é tão simples como executar um software de mineração em uma variedade de dispositivos, a partir de seu telefone celular para hardwares caros e com dedicação exclusiva. Uma mineração Bitcoin mais séria é feita por mining pools, com grupos de pessoas que unem seu poder de hardware para aumentar a velocidade com que eles podem minerar.
O software apenas resolve problemas matemáticos cada vez mais complexos, que é o mecanismo para aumentar o número de Bitcoins em circulação. Mineração de Bitcoin é uma parte essencial do sistema do Bitcoin, mas certamente não é o seu bilhete premiado para ficar rico da noite para o dia.
Segurança
Enquanto o Bitcoin é uma moeda respeitável e descentralizada, cabe a você manter seus Bitcoins seguros, especialmente pelo fato de transações do Bitcoin serem de caráter não reembolsável. Se isso soa assustador, não se preocupe - esses guias e sites irão lançar alguma luz sobre a segurança carteira e aprofundar um pouco mais sobre as técnicas utilizadas para manter o Bitcoin blockchain seguro.
Bitcoin Security
Wallet Security
Soluções Comerciais
Tradução por: Sarah Alexandre
Original em: http://www.bitcoins.com/directory
submitted by sa_rah to BrasilBitcoin [link] [comments]

Onename e Bitcoin Authenticator Wallet, marcam o inicio do fim do uso do Longo endereço Bitcoin

Todo dia eu fico esperando o dia que inventarão algo que colocara o fim do uso do Longo, chato e nada pratico uso do Bitcoin Adress.
E hoje posso dizer que *Onename e Authenticator Wallet * marcam inicio do fim do uso do Bitcoin address (na minha humilde opinião).
Pra que funcione você terá que fazer o que você ja fez varias vezes em diversos sites. Criar um profile e baixar uma carteira.
Primeiro você tera que criar seu perfil, e fazer verificação da identidade na pagina do onename. Você também irá registrar 2 endereços de BTC. 1 endereço é usado para a sua verificação, e o outro para recebimento de BTC. Depois de algumas horas seu perfil estará pronto para ser usado com a carteira bitcoin authenticator (alpha release).
A carteira é simples, facil de usar, lightweight, e não precisa baixar todo o histórico do blockchain. E Quando você inicia a carteira parece como qualquer outra Wallet.
A melhor parte quando você usa a carteira é, que quando vc for mandar Bitcoins para a pessoa X vc apenas tem que digitar o nome que esta registrado no Onename e o avatar da pessoa aparecera. Deixando assim o processo de enviar BTCs mais intuitivo.
http://i.imgur.com/Br9GTzk.png
Eu não vou escrever mais sobre os aplicativos porque existe material suficiente na net sobre os dois aplicativos, que ira satisfazer a curiosidade e interesse de todos.
Podemos aqui discutir os prós e os contras dos aplicativos.
Link abaixo
Onename wiki Protocolo para sistemas de identidade decentralizado
Onename WEB
BitcoinAuthenticator No Git
BitcoinAuthenticator Web
submitted by brasilbitcoin to BrasilBitcoin [link] [comments]

Bitcoin é alternativa viável a moeda estatal, avalia economista no RS

Entretanto, volatilidade da moeda virtual ainda é risco, diz especialista. No Rio Grande do Sul, dois locais aceitam pagamentos com bitcoin.
Ainda que não seja uma moeda física, o bitcoin, a moeda digital que possibilita infinitas transferências via internet, aos poucos ganha mais adeptos e conquista mais curiosos. A moeda, que só existe no ambiente virtual, foi criada há cerca de cinco anos e circula por meio de transações entre "carteiras" que existem nos computadores e smartphones dos usuários. Para especialistas, o bitcoin pode não durar, mas seu modelo deve permanecer. “Acredito que é correto dizer que o bitcoin é a primeira alternativa viável a moeda estatal. Elas vão coexistir por algum tempo. Dependendo do país, pode ter mais preponderância que em outros. O bitcoin, ou outra criptomoeda melhor, vai deixar sua marca no nosso sistema financeiro, sem dúvida alguma”, diz ao G1, o economista e escritor do livro "Bitcoin – A moeda na Era Digital", Fernando Ulrich. A obra foi lançada durante a 27ª edição do Fórum da Liberdade, em Porto Alegre.
A adoção como meio de pagamento já ocorre no Brasil por 54 estabelecimentos comerciais, de acordo com o Coin Map – serviço que reúne lugares que se dispõem a receber pagamentos dessa forma. No Rio Grande do Sul, são dois locais: uma agência de publicidade em Porto Alegre e um escritório de advocacia e consultoria em Santo Ângelo. No total, são cerca de 3,9 mil em todo o mundo.
O bitcoin funciona de maneira simples: a pessoa baixa o software, cria uma "carteira virtual" e passa a fazer parte da rede que gerencia as transações. O passo seguinte é comprar a moeda. Todo o dinheiro fica guardado no software do computador ou ainda armazenado no aplicativo do smartphone.
“A carteira virtual é o equivalente à agência e conta bancária. Mas há empresas que oferecem essa possibilidade online, em que o usuário acessa um site para verificar sua carteira de bitcoins. Ou ainda baixar um aplicativo no seu smartphone”, detalha Ulrich.
O bitcoin não tem uma central de gerenciamento, diferente das moedas como o real, que é gerenciada pelo Banco Central. “No bitcoin, a tarefa de validação e autenticidade ocorre de forma descentralizada. Qualquer usuário pode fazer isso, de qualquer lugar do mundo. A rede, em si, é muito segura. É um sistema aberto, todas as transações são públicas”, defende o economista. Mas para garantir a segurança, o bitcoin utiliza um complexo esquema matemático de criptografia – familiar para quem entende de computação.
Atualmente, transferir bitcoins não custa nada. Tal cenário torna a moeda atrativa para quem precisa enviar dinheiro de um país para outro, processo que cobra taxas bancárias e de câmbio elevadas. “Para transacionar internacionalmente, não tem fronteiras. É uma quebra de paradigma. E não há limites, posso enviar centavos ou milhões. Mesmo pagando um certo custo a uma casa de câmbio para converter em dólares no exterior, por exemplo, vale mais a pena do que pagar taxas pelo sistema bancário convencional”, justifica. A adesão ao uso do bitcoin é mais comum em países desenvolvidos da Europa, como Alemanha, além dos Estados Unidos e Canadá, onde cada vez mais empresas aceitam a moeda virtual em troca de seus produtos e serviços. “Em países emergentes, está se popularizando. O Brasil ainda está muito atrás, mas é compreensível, já que é uma tecnologia inovadora”, avalia Ulrich. O especialista aponta três itens como vantagens para utilizar a moeda virtual. “É rápido, barato e seguro. A transação ocorre de forma instantânea”, pondera. Ainda que o bitcoin possa estar distante da realidade de muitos os brasileiros, Ulrich acredita que esse cenário deva mudar nos próximos anos.
“Acho que a tecnologia vai continuar se difundindo no Brasil. As pessoas podem não ter pleno acesso à internet ainda, mas hoje existem mais celulares que pessoas no país. Quase todo mundo tem um aparelho celular, e logo vai ser um smartphone. Basta um smartphone e você pode ter bitcoin”, crê. “É muito possível que uma pessoa no agreste brasileiro não tenha uma conta bancária, mas pode ter um celular e ter uma conta de bitcoin”, arrisca.
Volatilidade da moeda virtual é risco
Apesar das vantagens, a volatilidade ainda é um dos riscos para quem usa o bitcoin. Os governos da China e da Rússia proibiram negociações com moeda. “Isso [volatilidade] ainda é um problema, por ser um sistema que ainda está começando, com volume e liquidez muito baixos. Aconselho a quem me pergunta, por exemplo, a não investir algum patrimônio relevante em bitcoin, por exemplo. Mas acho que a tendência no futuro é ele [bitcoin] valer mais, porque tem muitas vantagens”, ressalta.
Próximo ao Brasil, os argentinos são os representantes da América Latina no uso de bitcoin, mas de forma diferente: não para adquirir produtos e serviços de algumas empresas, mas para aplicar em uma espécie de “poupança virtual”. “A gente observa que muita gente está usando o bitcoin como reserva de valor. É algo como uma proteção contra o peso argentino, que está desvalorizando bruscamente. O bitcoin acaba sendo um refúgio e proteção contra a moeda dos argentinos. Nos países desenvolvidos essa prática não é tão clara e nem tão necessária”, argumenta.
O valor do bitcoin é variável, baseado na cotação de todos os tipos de moeda. Conforme Ulrich, todos os países tem ao menos uma casa de câmbio que facilita a troca e conversão de bitcoins. No Brasil, 1 bitcoin hoje está cotado em cerca de R$ 1.150. “É importante salientar que você não precisa comprar 1 bitcoin. Pode ser 0,01 bitcoin, por exemplo. Como se fossem centavos”, sustenta.
submitted by allex2501 to BrasilBitcoin [link] [comments]

Como Bitcoin Funciona

Pessoal, eu DanielBTC o alex2501 e o DarkHyudrA traduzimos um texto bem simples para iniciantes e fizemos algumas adaptações e facilitamos mais ainda algumas coisas também, esperamos que seja proveitoso para todos:
Como o Bitcoin Funciona
Esse texto foi escrito pois eu acredito que uma base de usuários bem informados é a chave do sucesso para o Bitcoin.
Um resumo da estória:
O usuário João cria uma transação declarando: "Eu dou a Maria 10 BTC". (mas em protocolo Bitcoin). Essa transação é assinada digitalmente com a chave privada que cada endereço possui e não pode ser forjado Os mineradores garantem que a transação é válida, gravam isso e distribuem por toda a rede. Maria verifica o seu saldo. João não pode enganar o sistema por que todo mundo na rede pode checar sua autenticidade e imediatamente recusar a transação falsa com gastos duplicados(double spending) ou fundos que não existiam antes.
Você pode começar a usar o Bitcoin em questão de segundos, embora esse seja um processo simples, é extremamente recomendado que você aprenda sobre como ele funciona e o que acontece com suas moedas quando você inicia uma transação qualquer. Com o Bitcoin é você que controla o seu dinheiro, e você precisa tomar conta dele responsavelmente.
O texto a seguir é um simples guia que introduzirá você à natureza da rede Bitcoin e explicará de forma clara o que acontece durante uma simples transação
A estória de João e Maria
Era uma vez um usuário chamado João que gostaria de enviar à sua amiga Maria alguns Bitcoins. Ele sabia que Maria precisava de 10BTC e então decidiu enviá-los para ela. João conseguiu uma carteira Bitcoin com alguns bitcoins de saldo e antes de clicar em Enviar se perguntou, onde os seus bitcoin estão armazenados. "O bitcoin é um arquivo no meu computador? Ou um número de serial talvez?" João rapidamente notou que isso poderia ser muito ineficiente. O que aconteceria se alguem estivesse espiando sua conexão e interceptasse esses arquivos? E o que aconteceria se a conexão caísse?
O jeito que o Bitcoin Funciona é Simples e elegante
Quando João envia para Maria 10 Bitcoins, o que realmente está acontecendo é uma assinatura digital de um declaração de pagamento. Na linguagem humana isso se parece com isso: “Eu, João, envio a quantia de 10BTC para Maria” Com certeza, João está também, preocupado que alguem pode forjar essa declaração em seu nome. Ele também sabe que Bitcoins são impossíveis de forjar. Então, como exatamente eles são protegidos? Essas declarações são protegidas por um mecanismo chamado “Assinatura Digital”. É uma implementação de cálculos matemáticos e criptografia fortissima, que garante que somente o dono pode produzir uma assinatura válida. Senão, a assinatura poderia ser invalidada e a transação rejeitada por qualquer um.
Assinaturas digitais
Você provavelmente já sabe que para receber e enviar bitcoin você precisa de um endereço Bitcoin. Da mesma forma que o e-mail. E como em um e-mail, você precisa de uma senha para conseguir enviar e receber bitcoins. Endereços Bitcoin são gerados usando matemática e eles podem ser gerados de uma forma decentralizada. Você não precisa de logar-se em lugar algum serviço nem precisa ficar online. Você simplesmente precisa de um programa para gerar esses endereços. Um endereço bitcoin, como uma conta de e-mail, é feita de duas coisas diferentes:
A parte publica - Permite a qualquer um te enviar bitcoins.
A chave privada - Isso é o que a maioria dos usuarios não sabe, cada endereço tem sua única Chave Privada (private key). A maioria dos programas de Bitcoin não lhe dizem sobre isso e eles mantém escondido do usuário, basicamente porque é muito importante que APENAS você tenha acesso a esta chave e mostrar por aí não é uma boa ideia.
Essa chave é usada para assinar digitalmente e garantir que apenas o dono da chave pode emitir uma transação válida e assim gastar os bitcoins.
De volta a Maria e João
Assim que a carteira bitcoin do João assinou essa transação, ele envia através da rede P2P(ponto a ponto) do Bitcoin. Todas as pessoas que usam o Bitcoin e estão rodando um cliente do Bitcoin, estão conectados uns aos outros para receber estas “declarações”. A transação de João é transmitida de nó a nó. Esses nós verificam que a assinatura é válida e passam até que, numa fração de segundo, maria recebe a notificação pelo seu programa Bitcoin que ela recebeu os bitcoins vindos de João! “Legal!” a Maria pensa. Mas ao mesmo tempo ela está preocupada com outra coisa. A Maria sabe como a rede do Bitcoin funciona e mede se é possível o João suprir esta quantia. Ela sabe que João que lhe enviou o dinheiro por que a sua assinatura bate. Mas o que impediria João de escrever qualquer valor que ele quisesse? E se João dissesse, “Eu tenho um cazilhão de Bitcoins e estou enviando para Maria?”. Enquanto Maria continuava pensando sobre isso ela não sabia que a transação que lhe fora enviada ainda estava perambulando pela rede e tinha um desafio muito grande para enfrentar...
Conhecendo o minerador Thiago
Enquanto a transação continua indo de conexão (nodes) em conexão (nodes) na rede do Bitcoin, ela também irá chegar a essa pessoa que está em um jogo único: um estilo de jogo de corrida contra o tempo. Thiago e muitos outros que participam deste mesmo “jogo” são chamados de mineradores. O objetivo de Thiago é reunir todas as transações e publicar elas em um tipo de livro de registros. No fim de garantir a natureza aberta e descentralizada do Bitcoin, isso deve ser feito de uma forma bem específica.
O minerador Thiago e outros mineradores estão rodando um programa no seus computadores que ajudam a resolver problemas matemáticos. Imagine um grande e complexo cubo mágico que demoraria muito tempo para ser resolvido. Thiago sabe que apenas o minerador que encontrar a solução para o cubo mágico é autorizado a publicar o próximo bloco deste livro de registros que contém todas as transações reunidas.
Todos os mineradores estão competindo entre si porque eles querem ser o primeiro a resolver o problema, publicar as transações e receber Bitcoins como recompensa. (Mais do que um jogo, isso é um trabalho).
Para que João possa ter 10 BTC em primeiro lugar, ele precisa ter obtido previamente de alguém. Thiago verifica a parte do livro de registros que já foi publicada previamente por outros mineradores e certifica de que a transação está ali, registrada em algum lugar. Isso diz que João tinha 10 BTC em primeiro lugar e então foi autorizado a gastar. Então ele apenas espera que, com um pouco de sorte, o seu programa foi o primeiro a achar a solução. Adivinhe só? Hoje é o dia de sorte de Thiago! Ele acha a solução e imediatamente publica todas as transações que ele coletou. O resto da rede verifica que a solução é correta e assistem perplexos enquanto Thiago recebe a recompensa. Mas não há tempo a perder porque novas transações nunca param de chegar e novos blocos deste livro de registros sempre estão a espera de serem publicados.
O BlockChain
O famoso blockchain, ou, cadeia de blocos. É chamado de cadeia, por que todos os blocos dependem do anterior. Eles são protegidos por uma função criptográfica chamada de hash. E se alguem decidir alterar maliciosamente um bloco anterior e adicionar ele mesmo dezenas de bitcoins? Felizmente isso é impossível. Se alguem alterar um único digito, caracter ou bit de uma cadeia de blocos, todos os blocos seguintes serão eliminados e invalidados.
Note também que nem mesmo o minerador Thiago pode alterar maliciosamente a transação de João por que a assinatura digital não vai bater se for adulterada. A abertura, transparência e natureza decentralizada do Bitcoin, juntas com o uso mecanismos de proteção, criam uma sólida, forte e confiável rede Bitcoin que ninguém pode enganar;
De volta para Maria
Assim que o minerador Thiago publicar o próximo bloco na blockchain, esse será redistribuído em toda a rede até chegar à Maria. Uma vez que Maria pegou essa transação, sua carteira bitcoin verificará se ela contém alguma transação em que Maria está envolvida, e como esse é o caso, informará Maria que sua transação foi confirmada e agora é uma parte permanente da rede Bitcoin (para todo o sempre). As transações que são incluídas na blockchain recebem uma confirmação. Note que Maria não precisa estar online para receber seus Bitcoins. Ela pode estar offline por horas, dias, anos e ainda sim, receber bitcoin sem problemas. Assim que ela ficar online, seu programa vai baixar os últimos blocos na blockchain e informá-la que recebeu transações de entrada. Atualmente, a única coisa que Maria não precisa saber é sua chave privada. Ela pode ainda manter essa chave privada impressa em um pedaço de papel (paper wallet) e receber bitcoin ao mesmo tempo.
Uma vez que ela queira vendê-las ela vai importar essas chaves privadas para o programa de carteira Bitcoin e o programa lerá o blockchain para informá-la sobre o seu balanço. Com essa chave privada ela poderá assinar digitalmente uma transação onde ela queira gastar seus bitcoins.
Dê uma olhada em http://www.bitaddress.org . Esse é um gerador de endereços bitcoin que permite você criar e ver sua chave privada.
Sobre a segurança do Bitcoin
Como vocês podem ver, Bitcoin é extremamente seguro e absolutamente ninguém que não saiba sua chave privada para o endereço bitcoin (chave publica) vai conseguir gastar seus bitcoins sem autorização.
Você é o dono dos seus bitcoin, é de sua inteira responsabilidade manter suas chaves privadas para suas moedas a salvo. Muitos software de carteira bitcoin como o bitcoin-qt, vão criptografar suas chaves usando uma senha que você definir. (não esqueça essa senha!). Isto é extremamente recomendado. Também esteja certo que seu computador esta livre de keyloggers, trojas e qualquer tipo de vírus ou malware. Se você guarda grandes quantidade de moedas, você pode considerar usar uma carteira em papel (paper wallet), e nenhum vírus no mundo vai conseguir atacar essa sua carteira.
De onde vem a recompensa de Minerador Thiago?
Ele consegue taxas que as pessoas pagam voluntariamente incluídas em cada transação bitcoin. Por isso ele quer coletar e publicar o máximo de transações possíveis e ganhar e ganhar essas taxas incluídas nelas. Também por que cada vez que ele publica um bloco ele vai conseguir assinar o seu nome nesse novo bloco e ganhar 25 bitcoins novinhos em folha. Isso é como novos bitcoins entram em circulação e são injetados na economia de forma descentralizada. Essa recompensa diminui gradativamente até que os 21 milhões de bitcoins sejam colocados em circulação, que é o máximo de bitcoins que serão disponibilizados.
21 milhões de bitcoins são o bastante? Sim! Por que eles são divisíveis por oito casas decimais. Esse montante de divisibilidade garante que nunca faltarão bitcoins na economia.
Por que demora tanto para sincronizar minha carteira Bitcoin?
A primeira vez que voce roda a carteira bitcoin, ela ira necessariamente efetuar o download de toda a BlockChain afim de mantê-lo atualizado de todos os balanços de seus endereços. Se você não gostou disso, tudo bem, você pode optar por um cliente mais light. Existem várias carteiras Bitcoin que se conectar ao servidor para ler a blockchain e não precisa de baixar nada.
Traduzido por:
Se você gostou, mande uma doação pra gente. ;-)
Qualquer dúvida, correção ou sugestão será muito bem vinda!
Original: http://www.reddit.com/Bitcoin/comments/18kt6y/psa_to_new_users_due_to_reddit_gold_announcement/
submitted by allex2501 to BrasilBitcoin [link] [comments]

COMO SINCRONIZAR E CRIAR UMA CARTEIRA BYTECOIN (BCN) NO PC BEM RÁPIDO. Electrum uma carteira para bitcoin - YouTube COMO CRIAR CARTEIRA NO BLOCKCHAIN E COMPRAR BITCOIN? - YouTube Como Transferir BITCOIN para qualquer carteira Mercado ... DF SYSTEM - COMO CRIAR UM CARTEIRA DE BITCOINS PELA BLOCKCHAIN

Em primeiro lugar, você deve instalar o software Bluestacks no seu computador ou laptop. Clique aqui para saber como baixar bluestacks para PC. (Nota: Volte a este post uma vez que você instalou bluestacks corretamente) Depois do Bluestacks, agora, você deve baixar o arquivo .APK do Coinbase - Bitcoin Wallet. Clique aqui. A sincronização inicial do Bitcoin Core irá demorar e fará o download de muitos dados. Você deve se assegurar que a velocidade de internet e seu espaço em disco são suficientes para baixar toda a blockchain (mais de 20GB). Se você tiver uma boa conexão de Internet, você pode ajudar a fortalecer a rede ao executando em seu PC o Bitcoin Core com a porta 8333 aberta. Leia o Este guia mostra como você pode criar uma carteira e escolher a melhor. Tipos de Carteira de Bitcoin. Existem diferentes tipos de carteiras de Bitcoin utilizadas hoje, e cada um deles vem com suas próprias especificidades em termos de segurança e praticidade:. Trataremos disso em detalhe no capítulo 2 (a seguir), mas, de forma simples e direta, existem carteiras para armazenar e gastar seu ... Blockchain - Bitcoin Wallet é um aplicativo para Android que funciona como uma carteira de Bitcoin, a moeda virtual.Por meio de autenticação com uma conta My Wallet, você pode não só ter ... Como Criar Carteira Bitcoin 2020 – Olá Pessoal, aprender a criar uma carteira confiável faz toda a diferença na hora de guardar as nossas criptomoedas. Pelo fato bem simples, é na carteira bitcoin que guardamos os nossos ganhos em bitcoin e todas as outras altcoins do mercado.

[index] [48414] [5058] [33170] [44593] [47652] [34620] [20492] [10826] [528] [4768]

COMO SINCRONIZAR E CRIAR UMA CARTEIRA BYTECOIN (BCN) NO PC BEM RÁPIDO.

CHEGANDO AGORA? Comece por aqui ↓↓ ENTRE NO CANAL NO TELEGRAM (Mentoria 100% Grátis): https://t.me/canalcodigocripto 📊 PLANILHA JUROS COMPOSTOS: https://www.... Enjoy the videos and music you love, upload original content, and share it all with friends, family, and the world on YouTube. Em apenas 5 minutos você irá aprender como ter uma carteira (wallet) para receber e enviar Bitcoins de forma bem fácil e gratuitamente. Sem precisar baixar o Bitcoin-qt ou outros softwares e ... Carteira electrum guarde seus bitcoins em seu computador Site Electrum ///// https://electrum.org/#home Carteira ..... Uma forma de sincronizar a carteira bytecoin (BCN) muito rapidamente com um programa do próprio site oficial. Aqui você aprende a baixar e instalar a Wallet Bytecoin, além de minerar bytecoin ...

#